Home > Notícias

Microsoft adquire plataforma GitHub, diz agência

Fabricante do Windows estaria voltando às origens e mirando desenvolvedores

Redação

04/06/2018 às 9h40

GitHub
Foto:

A Microsoft adquiriu o GitHub sem alarde e deve fazer o anúncio sobre o acordo nesta segunda-feira (04/05). É o que afirma a Bloomberg, que aponta também que, além de ser o repositório da esmagadora maioria dos projetos de código aberto, o GitHub também é usado por desenvolvedores de empresas para colaborar de forma privada em seus próprios software.

O site foi avaliado em US $ 2 bilhões em 2015 e ainda não se sabe quanto a Microsoft pagou. Apesar dos problemas financeiros da empresa e da falta de um CEO, o Github detém uma posição privilegiada no mundo do desenvolvimento e chama a atenção. Frank Shaw, um porta-voz da Microsoft, se recusou a comentar a suposta aquisição. O GitHub não retornou e-mails com comentários sobre um possível acordo à agência.

Visão de Satya Nadella

Em agosto de 2017, o GitHub anunciou que estava procurando um CEO para substituir Chris Wanstrath, um dos seus cofundadores. Nesse ínterim, o diretor de negócios, Julio Avalos, juntou-se à diretoria da empresa e assumiu grande parte da liderança. Foi com ele que a Microsoft. Recentemente eles começaram a discutir uma parceria, mas passaram a discutir uma aquisição, de acordo com outra fonte que está familiarizada com a situação.

A Bloomberg relata que o GitHub escolheu a Microsoft, com base no desempenho e liderança do atual CEO de Redmond, Satya Nadella, que moveu a Microsoft além de seus dias de “abraçar, estender e extinguir”. Sob as regras de Nadella, a Microsoft adotou entusiasticamente o código aberto, com vários de seus projetos lançados no Github sob licenças permissivas. Ele trabalhou muito para trazer Ubuntu e BASH ao Windows e portou aplicativos populares para Linux e MacOS, como SQL Server e Visual Studio.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail