Home > Notícias

Multicloud é uma das principais tendências nos próximos anos

Relatório da Sumo Logic revela informações sobre adoção e implantações

David Linthicum, da InfoWorld/US

02/10/2018 às 13h19

Multicloud é uma das principais tendências nos próximos anos
Foto:

Com base em dados ativos de mais de 1,6 mil clientes que usam a plataforma da Sumo Logic, um novo relatório mostrou que a adoção e as implantações do multicloud duplicaram, com a Amazon Web Services (AWS) liderando o caminho, mas com o Microsoft Azure e o Google Cloud Platform sendo bem-sucedidos.

Além disso, a adoção de arquiteturas sem servidor continua a crescer. Uma em cada três empresas usa as tecnologias do AWS Lambda. Outro resultado relevante mostrou que uma em cada três empresas usa soluções de orquestração gerenciadas ou nativas do Kubernetes, e 28% das empresas usam containeres Docker na AWS.

Nenhum desses dados é surpreendente, dada a explosão do mercado, mas é interessante confirmar que as empresas agora estão subindo rapidamente na nuvem. Seu foco está se afastando dos serviços de infraestrutura, como armazenamento e computação básicos, para serviços como gerenciamento multicloud, computação sem servidor e containeres.

Então, o que isso significa para as tecnologias e suas implantações no próximo ano?

Primeiro, tudo será multicloud. E por alguns motivos: não há grande penalidade de custo para usar o multicloud, além do gerenciamento de complexidade adicional que será necessário. No entanto, as empresas inteligentes se anteciparão rapidamente, inclusive usando plataformas cloudOps avançadas e orientadas para multicloud.

Segundo, a computação sem servidor se tornará sistêmica para a maioria dos serviços de desenvolvimento em nuvem, incluindo bancos de dados. É muito mais fácil de usar e evita que as pessoas façam as decisões de provisionamento e dimensionamento de recursos em tempo real. Além disso, os serviços de desenvolvimento de nuvem melhorarão e expandirão rapidamente os subsistemas sem servidor, o que colocará mais pressão nos sistemas de PaaS tradicionais.

Em terceiro lugar, à medida que os containeres crescem, o mesmo acontecerá com o Kubernetes. O que é menos óbvio é a velocidade com que as empresas continuarão a adotar essa tecnologia. Ainda assim, a adoção não será consistente. Provavelmente, haverá lentidões à medida que a tecnologia e a largura de banda de TI para implantar a tecnologia se tornarem saturadas.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail