Home > Notícias

Não coloque seu destino na mão de terceiros, aconselha consultor depois de incidente com Dropbox

Déborah Oliveira

15/10/2014 às 20h07

Não coloque seu destino na mão de terceiros
Foto:

No início desta semana, mais de 7 milhões de nomes de usuários e senhas de contas do Dropbox foram hackeados e parte das informações divulgadas na web. A empresa, no entanto, por meio de seu blog, nega que tenha sido alvo de ataques. "Suas coisas estão seguras”, garantiu Anton Mityagin, engenheiro de segurança da Dropbox.

Para Kornelius Brunner, gerente de produtos da TeamViewer, distribuidora de soluções para comunicação on-line, colaboração e monitoramento de TI, o episódio alerta, mais uma vez, para a segurança de TI. “Não podemos colocar nosso destino nas mãos de terceiros, que em questão de dúvida não são obrigados a assumir responsabilidade pelos dados. Isso se aplica especialmente no ambiente comercial”, analisa.

Segundo ele, um dos problemas principais do roubo de dados surge do fato de que os usuários tendem a usar sempre a mesma senha, que muitas vezes é fácil de descobrir. “Os usuários precisam entender que devem criar senhas variadas, pois caso contrário ameaçam problemas de segurança graves com consequências financeiras enormes”, aconselha.

Brunner lembra que especialmente na área de serviços on-line, é importante encontrar o equilíbrio certo entre os conceitos de segurança, tecnologia e responsabilidade própria. “Isso significa que os usuários devem perguntar ativamente e entender onde eles estão envolvidos. Além disso, precisam sempre tomar cuidado na escolha de um serviço”, completa.

A serviço oferecido deve fornecer várias camadas de segurança. De acordo com o engenheiro de segurança, isso inclui, por exemplo, autenticação de dois fatores, componentes de criptografia atuais, códigos de encriptação pessoalmente gerados e centros de dados que correspondem aos padrões de segurança.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail