Home > Notícias

Novo equipamento melhora desempenho de banco de dados do data center do ES

Com Exadata, da Oracle, diminui bastante o tempo de backup

11/12/2018 às 15h18

Foto:

Com o objetivo de melhorar os serviços oferecidos aos clientes, o Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) investiu 2,8 milhões no Exadata. Esse equipamento se caracteriza por conter diversos recursos, como banco de dados, processamento das informações, armazenamento e switches de comunicação entre os servidores.

Hospedado no Data Center do Estado, sediado na autarquia, o Exadata já proporciona uma série de melhorias. Uma delas é reduzir pela metade o cálculo da folha de pagamento, que é feito atualmente em um dia. Com o equipamento, o processo de disponibilização dos contracheques no Portal do Servidor passou de 20h para apenas uma hora, em média.

O Exadata também diminui bastante o tempo de backup. No banco de dados da Procuradoria Geral do Estado (PGE), essa atividade passou a ser executada com o triplo de velocidade, passando de dez para três horas. Na ferramenta de Business Intelligence (BI) da folha de pagamento, cujo banco de dados está hospedado no Prodest, a rotina semanal de extração de dados está quatro vezes mais rápida, sendo finalizada em apenas uma hora.

De acordo com o subgerente de Banco de Dados do Prodest, Filipe Pandolfi, o processo de implantação do Exadata foi realizado pela equipe da autarquia, com a intenção de reduzir custos. “Economizamos recursos públicos com o trabalho desenvolvido pelos funcionários para a migração do banco de dados”, completou.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail