Home > Colunas

Reter talentos deve ser estratégia das empresas

Investir em boa gestão de pessoas é o caminho para manter os melhores funcionários.

Raquel Lima

06/07/2019 às 11h30

Foto: Shutterstock

Em um cenário de mercado cada dia mais competitivo, criar estratégias para reter talentos, ou seja, colaboradores de alta performance que estejam sincronizados com os valores e cultura da organização, é um dos grandes desafios das empresas, sejam elas de grande, médio ou pequeno porte. Diante disso, algumas condições são primordiais para que os talentos se engajem e se mantenham nas organizações, conforme detalho a seguir:

1) Processo seletivo assertivo: um processo seletivo estruturado aumenta significativamente a chance de contratação de um talento. Além de avaliar as competências técnicas e comportamentais do candidato, se preocupa em selecionar perfis que apresentem expectativas que sejam compatíveis com a filosofia e cultura da empresa, garantindo assim um ambiente equilibrado;

2) Acompanhamento do processo de integração/adaptação: já diz o ditado que a primeira impressão é a que fica. Assim sendo, as empresas precisam assegurar que seus novos colaboradores serão acolhidos e inseridos no contexto organizacional de maneira que se sintam seguros, ficando claro qual o lugar que ocuparão na organização, bem como o funcionamento das diretrizes, políticas e processos com os quais estarão envolvidos;

3) Garantir processos claros e objetivos: os processos quando bem definidos garantem que as tarefas sejam realizadas de maneira eficiente, gerando eficácia nos resultados esperados pela organização e proporcionando a realização do profissional por atender as demandas e alcançar as metas;

4) Canal de comunicação eficiente: manter o capital humano da organização na mesma “página” é fundamental para que a empresa se mantenha saudável, evitando que as informações sejam mal interpretadas e, consequentemente, conflitos e erros, que poderão implicar em prejuízos financeiros e incredulidade por parte dos colaboradores. A comunicação eficiente proporciona clareza e segurança aos colaboradores, mantendo sempre um clima favorável;

5) Ambiente de trabalho saudável: uma equipe em sinergia é garantia de sucesso e, para que a cooperação e o engajamento sejam uma constante nas organizações, os gestores de áreas, bem como o RH, deverão estar atentos aos comportamentos de suas equipes durante a execução dos processos. Devem ainda primar, sempre que possível, por um ambiente que permita aos integrantes se sentirem pertencentes à empresa, podendo colaborar com sugestões e usar da criatividade para abrir caminhos e oportunidades futuras dentro da organização. Daí a importância do desenvolvimento de cultura de feedback constante.

Quando o profissional se sente à vontade e seguro em seu ambiente de trabalho, percebendo oportunidade de desenvolvimento, tende a se engajar e se fidelizar à organização, comportamento que proporciona à empresa capital intelectual que certamente colaborará para seu crescimento e desenvolvimento.

*Raquel Lima é administradora e psicóloga, com especializações em Psicologia Cognitiva e Comportamental e em Neuropsicologia. Na TOP PEOPLE é gestora geral e responsável pelo departamento de Recursos Humanos.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail