COMUNIDADE

Hackers disparam 156 sirenes de emergência e causam pânico em Dallas, nos EUA

Serviço de emergência da cidade recebeu mais de 4,4 mil chamadas entre 23h30 de sábado e 3h de domingo

Um grupo de hackers causou pânico na cidade de Dallas, no estado do Texas, nos EUA, ao disparar 156 sirenes de emergência repetidamente. O caso aconteceu pouco antes da meia-noite do último sábado (08/04) e funcionários do governo confirmaram ao jornal Dallas Morning News que os hackers realmente foram os culpados pelo ataque.

Uma porta-voz da cidade disse que recebeu mais de 4,4 mil chamadas entre 23h30 de sábado e 3h de domingo – o dobro da média feita no período. O caos foi instaurado com as pessoas buscando saber o que estava acontecendo e se realmente era uma grande tempestade a caminho.

Como resultado, o tempo de espera para falar com serviços de emergência foi de até seis minutos, sendo que o objetivo de Dallas é enfrentar 90% de suas chamadas em 10 segundos.

Funcionários pediram à Comissão Federal de Comunicações (FCC) para ajudar a localizar os hackers. A cidade também está trabalhando com a Agência Federal de Gerenciamento de Emergência para criar um sistema de alerta baseado em mensagem de texto para informar os cidadãos sobre emergências em Dallas.

O ataque prova mais uma vez que todo cuidado é pouco para proteger as redes, sobretudo em serviços públicos. Em fevereiro, as estações de rádio em vários estados dos EUA foram invadidas para barrar uma canção de rap que fala do presidente Donald Trump. E em janeiro do ano passado, acredita-se que um grupo de hackers russo tenha sido responsável pelo primeiro ataque cibernético do mundo em centrais elétricas, o que causou um grande corte de energia na Ucrânia.

Comentários

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.