COMUNIDADE

Segurança 3.0 pede investimentos iniciais

Novo modelo proposto pelo Gartner deve pedir por até 8% do orçamento destinado a TI

O novo modelo processual sugerido pelo Gartner às áreas de segurança da informação, denominado de Segurança 3.0, visa a diminuir os gastos das companhias com segurança e melhorar às performances das áreas. No entanto, Ray Wagner, vice-presidente de pesquisas da consultoria, alerta que a construção deste novo modelo pede por investimentos.

Segundo Wagner, hoje, os gastos com segurança têm crescido mais do que o consumo da TI. “E não é o aumento de investimento que vai tornar a organização mais segura”, alerta. No entanto, o próprio executivo estima que para construir um modelo de segurança concreto, deve-se contar com até 8% do orçamento destinado à TI. “Depois do modelo consolidado este investimento deve cair para até 3%.”

Dentre os fatores que devem chamar a atenção dos diretores de segurança da informação está o crescimento dos cybercrimes. “Essa deve ser a ameaça com maior predominância até 2010”, alerta o executivo.

Comentários
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nessa publicação.

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.