Home > Notícias

Serviço que vendia tecnologia de espionagem a governos é invadido

Tissiane Vicentin

06/07/2015 às 11h19

Serviço que vendia tecnologia de espionagem a governos é invadido
Foto:

A empresa de segurança Hacking Team teve seu sistema invadido por hackers no último domingo (5/7). A empresa italiana é conhecida por fornecer tecnologia de vigilância e intrusão para agências e governos - inclusive para regimes autoritários, como Arábia Saudida, Cazaquistão, Egito, Rússia e Sudão.

O incidente foi divulgado pelo próprio grupo invasor por meio do perfil no Twitter da Hacking Team, que também foi comprometido.  De acordo com o grupo, foram vazados 400 GB em documentos internos da companhia, códigos fonte e comunicações feitas por e-mail em um arquivo torrent.

Entre os países-clientes da empresa (que podem estar atualmente ativos ou não) que foram citados entre os documentos vazados estavam agência italiana de aplicação da lei, Omã, Coreia do Sul, Emirados Árabes, Mongólia, Líbano, Alemanha, México, Cingapura e Vietnã. O Brasil também está na lista de países que já fizeram negócios com a empresa, juntamente com o Departamento de Defesa dos EUA e o FBI.

Um dos executivos da companhia, Christian Pozzi, afirmou por meio da sua conta no Twitter que os documentos vazados não eram reais e continham informações mentirosas sobre a empresa, além de um malware - uma tentativa clara de impedir que o vazamento se espalhe ainda mais. Algum tempo depois, no entanto, ele desativou ou deletou a conta.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail