Home > Colunas

Seus problemas pessoais podem afetar a sua carreira?

A resposta é sim. Confira algumas dicas que podem facilita sua vida e não prejudicar seu desenvolvimento

Thaís Lima*

22/06/2019 às 11h16

Foto: Shutterstock

Quando me pediram para escrever um artigo que falasse como não deixar que os problemas pessoais atrapalhassem o progresso no mundo corporativo eu juro que a minha primeira reação foi congelar. Sim, isso mesmo, eu travei. Sabe por quê?

Porque acredito que essa história de separação entre vida pessoal e profissional é maior mentira de todos os tempos. A vida é uma só, tudo é vida! E muitas vezes não vai ter jeito, um vai definitivamente interferir no outro.

Agora, uma coisa é fato: precisamos sim nos preparar e nos cuidar emocionalmente para que os problemas de uma esfera não prejudiquem a outra. Lembro como se fosse hoje o período que eu estava com a minha mãe no meio do tratamento do câncer, com depressão, literalmente destruída e muitas pessoas olhavam para mim no trabalho e acreditavam que a minha vida estava às mil maravilhas.

Por isso, quero deixar aqui dicas práticas que eu utilizei na minha carreira e que sei que podem ajudar a superar os problemas sem impactar no seu progresso na carreira.

Primeira dica – Pergunte-se: existe algo que eu possa fazer AGORA para resolver este problema pessoal?

Se a resposta for não, faça o exercício de se manter onde você está. Foque-se em resolver as coisas do trabalho que podem e devem ser resolvidas.

Se a resposta for sim, avalie como você pode organizar a sua agenda para que possa dedicar o tempo a essas duas áreas da sua vida. Avalie entrar mais cedo, reduzir horário de almoço, trabalhar aos finais de semana, enfim, o que for necessário para não deixar a peteca cair.

Segunda dica - Se for possível, converse com os seus colegas de equipe e gestor e peça para redistribuir atividades que são mais difíceis para você neste momento.

É normal que sua capacidade de concentração fique alterada, sendo assim, até que você se organize busque outras frentes que podem ajudar no seu progresso na carreira, mas que estavam sendo deixadas de lado.
A capacidade de adaptação é uma das características desejadas pelo mercado, que tal já começar a colocar em prática?

Por último, procure ajuda! Independentemente do problema que esteja passando sempre existe alguém que pode ajudar. Um profissional da área médica, um profissional de desenvolvimento pessoal, um mentor, um mentor espiritual.

A verdade é que não interessa de qual área seja essa pessoa, mas um acompanhamento externo nos ajuda a ter clareza, extravasar os sentimentos, a organizar os pensamentos e planos para que você possa reequilibrar esta roda da vida.

*Thaís Lima é estrategista, desenvolvedora de carreiras e coach.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail