Home > Colunas

Soft Skills x Inteligência Artificial

MBA no exterior desenvolve habilidades comportamentais.

Marcella Motta

31/07/2019 às 22h00

inteligência artificial
Foto: Shutterstock

Em um mundo cada vez mais automatizado e globalizado, o mercado está modificando progressivamente suas exigências. As tecnologias já estão alterando o cenário produtivo de todo o mundo e o sucesso no trabalho, antes muito atrelado apenas à formação do profissional, hoje depende amplamente de sua capacidade de aplicar as chamadas soft skills

Essas competências comportamentais, trabalhadas na maioria dos cursos de MBA, definem a forma com que um funcionário, gestor ou empreendedor lida com as emoções no ambiente profissional - algo que tem ganhado cada vez mais relevância em um mundo em que competências operacionais são facilmente replicadas por máquinas.

De acordo com o Fórum Ecônomico Mundial, a inteligência artificial pode provocar a extinção de 5 milhões de empregos até 2020. Já a consultoria McKinsey estima que robôs farão sumir entre 400 milhões e 800 milhões de empregos até 2030. Dessa forma, é essencial que o ser humano se destaque por suas qualidades sociais.

O MBA no exterior contribui para o desenvolvimento das soft skills, estejam ou não na grade, por meio da diversidade, fator que enriquece a experiência ao mesmo tempo que a põe à prova. A ampliação do networking com colegas e professores de diferentes nacionalidades cria profissionais flexíveis, empáticos, aptos a entenderem a diversidade. A capacidade comunicacional é expandida, seja por meio da compreensão de leis e regras multinacionais, seja pela capacidade de se adaptar a diferentes situações delicadas.

Os programas buscam estimular o trabalho em equipe com alunos de diversas nacionalidades em sala, favorecendo a troca de experiências, estimulando a clareza comunicacional, promovendo a criação de uma cultura de feedback a partir de professores e alunos e formando líderes.

Como indica o relatório sobre Tendências Globais de Talento (2019), divulgado pelo Linkedin, apesar de as hard skills - habilidades técnicas - ainda serem valorizadas, existe uma busca cada vez mais forte por habilidades comportamentais compatíveis com a área de atuação do profissional. No Brasil, 95% dos profissionais das áreas de talento confirmam a importância das 'soft skills' para suas empresas. O levantamento aponta que uma linguagem de programação pode deixar de ser utilizada quando houver uma evolução na tecnologia, mas a capacidade de comunicação, o trabalho em equipe e a empatia serão sempre pontos de destaque.

Se você tem interesse em cursar um MBA fora do Brasil e já está pesquisando opções, o The MBA Tour - evento gratuito que acontece no dia 17 de agosto em São Paulo e dia 19 do mesmo mês no Rio de Janeiro - é uma grande oportunidade para conhecer os programas a fundo.

Durante a feira, os participantes podem entrar em contato com os diretores de admissão de algumas das melhores universidades de negócios do mundo e saber tudo sobre o processo de recrutamento e a cultura das instituições.

Inscreva-se nesse link.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail