x

Publicidade

Telia, Ericsson e Intel transformam 5G em realidade na Europa

Por Redação

em Redes e Comunicações

04 out 2017 2 meses atrás

A Telia está implantando, em parceria com a Ericsson e a Intel, os primeiros projetos de sua rede 5G pública na Europa. A lista inclui o fornecimento de conexão de alta velocidade para acesso à internet pelos passageiros e pela própria embarcação a um navio de cruzeiro atracado ao porto e, em outro caso, uma escavadeira para construção controlada remotamente por uma rede 5G.

Esse é um marco considerável no mapa de implantação global de redes 5G, e coloca Ericsson, Intel, Telia e, principalmente, os clientes da operadora sueca, mais perto do objetivo de lançar serviços 5G em 2018 tanto em Tallinn quanto em Estocolmo, duas das cidades consideradas mais digitais do mundo.

A implantação antecipada de soluções 5G em situações do mundo real é vital para que a indústria aprenda como as várias tecnologias se integram em diferentes tipos de negócios, em quais ambientes ela se sai melhor e a interoperabilidade entre redes, serviços em nuvem e dispositivos.

5G já em 2018

Em 2016, Telia e Ericsson anunciaram um plano conjunto para permitir que os clientes da operadora possam experimentar serviços 5G em 2018 em Tallinn e Estocolmo. Agora, com a colaboração da Intel, os primeiros exemplos desses serviços entraram em operação antes da data combinada tanto para usuários finais quanto corporativos.

O ambiente da “vida real” para teste da 5G em Taillin foi criado no porto da cidade para testar como a nova tecnologia móvel pode fornecer maiores velocidades e mais qualidade à troca de dados.

Em setembro, a tecnologia – composta por uma estação base de 5G da Ericsson e a plataforma Intel® 5G Mobile Trial que criaram uma onda milimétrica capaz de ampliar a rede móvel da Telia – foi implantada em um navio ancorado ao Porto de Tallinn e permitiu que 2 mil passageiros, além dos próprios sistemas de tecnologia de informação e comunicação da embarcação, tivessem conexão Wi-Fi. Este é o primeiro de muitos exemplos de como as redes 5G fornecerão acesso em situações de transporte, bem como variados serviços gigabit wireless, para os consumidores.

Os participantes do Congresso Digital da União Europeia tiveram a oportunidade de experimentar como é controlar máquinas remotamente – no caso, uma escavadeira – usando dispositivos de realidade aumentada e um link ultrarrápido.

O teste mostrou como um operador pode trabalhar com escavadeiras em ambientes arriscados, do conforto e da segurança de seus escritórios, usando controles remotos em redes 5G, e destacou os recursos e oportunidades que a tecnologia trará para ambientes industriais difíceis ou perigosos.

Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Notícias por push

Ativar