COMUNIDADE
Em ano difícil

Em ano difícil, Samsung foca discurso em aparelhos residenciais e laptops

Fabricante se desculpou pelo episódio do Note 7 e afirmou que segue trabalhando para que tal problema não volte a acontecer

Não é segredo que a Samsung enfrentou um período complicado após os incidentes envolvendo o Galaxy Note 7, produto que teve inclusive seu uso dentro de aeronaves proibido por conta dos risco de explosões e manchou a marca de toda a linha. Reconhecendo o problema, a fabricante focou seu discurso na CES 2017 em aparelhos residenciais, como geladeira, lavadoras, secadoras e fogões inteligentes, além da renovação dos Chromebooks, agora nas versões Plus e Pro e com acesso a todas as aplicações disponíveis na Google Play.

“Foi um ano desafiador para a Samsung por conta do episódio do Note 7 que afetou muita gente e estamos trabalhando para que isso não aconteça mais”, disparou Tim Baxter, presidente e COO da Samsung America, logo ao iniciar sua fala na CES 2017. “E mesmo com isso não deixamos de buscar inovação em nenhum momento e desde a CES do ano passado ganhamos market share em TVs, vestíveis, smartphones e outras linhas de produtos”, completou o executivo.

Logo após esse pedido de desculpas, se é que se pode chamar dessa maneira, o executivo falou sobre dar voz aos clientes, dizendo que a fabricante tem usado bastante os feedbacks recebidos para entregar produtos que atendam às demandas dos consumidores. Apenas nos Estados Unidos, a empresa conta com 25 milhões de clientes em mobilidade. “Queremos dar mais opções e que elas sejam flexíveis, inovações que te coloquem no controle”, pontuou o executivo, antes de dar início aos anúncios que a companhia trouxe para o evento deste ano que, nem de longe, chegou próximo dos smartphones ou phablets. 

O foco foi a residência, com geladeiras, fogões, lavadoras e TV, tudo com design impecável e funcionalidades para, como o próprio executivo falou, tornar a vida mais fácil. O conceito de internet das coisas (IoT, da sigla em inglês) foi abordado como algo que integra a estratégia da corporação e como o caminho para entregar ao consumidor uma percepção de valor sem precedentes. “Temos capacidades de IoT em todos os eletrônicos e eletrodomésticos e nosso ecossistema não para aqui, passa por big data, inteligência artificial, samsung pay, entre outros”, frisou Baxter.

Para o mundo computacional tradicional, a novidade ficou por conta dos renovados Chromebooks. Alanna Cotton, vice-presidente da Samsung Eletronic America, até falou sobre o Gear S3, mas sem anunciar nada de novo. A executiva usou o palco apenas para ressaltar as características da última versão do relógio inteligente. As novidades estavam para o mundo dos PCs.

“Em 2011 lançamos com o Google o primeiro Chromebook. E agora estamos redefinindo a categoria. Por que não usar seus aplicativos de smartphone favoritos no notebook?”, provocou antes de apresentar dois novos modelos, os Chromebooks Plus e Pro, sendo o Pro com configuração mais parruda e processador Intel. Ambos tiveram design renovado, podem ser usados como laptop ou tablet, contam com a caneta stylus e estão habilitados a rodar dois milhões de aplicativos disponíveis na Play Store do Android. 

*O IT Forum 365 viajou a Las Vegas a convite da CTA, organizadora da CES

Comentários
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nessa publicação.

Notícias Relacionadas

Copyright 2017 IT Mídia. Todos os direitos reservados.
É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.