Home > Notícias

TI e negócios estão cada vez mais alinhados, aponta estudo

Tissiane Vicentin

05/08/2016 às 10h02

TI e negócios estão cada vez mais alinhados
Foto:

O alinhamento entre TI e negócios é assunto corriqueiro nas discussões entre profissionais da indústria e, cada dia mais, executivos de ambas as áreas trabalham para integrar seus esforços em prol de alcançar o objetivo da empresa.

“Existe uma percepção equivocada de que líderes empresariais estão desconectados das discussões estratégicas de TI, mas os tempos mudaram”, afirma João Bortone, diretor de Produtos e Soluções Empresariais da Dell para América Latina. Para ele, existe um crescente entendimento entre decisores de TI e de negócio sobre as principais tendências de TI e as oportunidades crescentes que a TI pode endereçar.

Isso também pode ser visto no estudo realizado pela Penn Shoen Berland a pedido da Dell, o qual entrevistou 1.201 executivos de pequenas, médias e grandes empresas em diferentes países, incluindo Brasil.

Os resultados do estudo confirmam que as estratégias centradas no cliente, data center definidos por software e computação centrada estão entre as prioridades que líderes de negócios e de TI buscam para atender objetivos de negócios. Nesse sentido, oito em cada 10 entrevistados concordam que uma abordagem centrada em computação para desenvolvimento de soluções de data center é a chave para promover inovação.

Acima de oito em cada 10 entrevistados concordam que integrar soluções hiperconvergentes é o primeiro passo para adoção de um data center definido por software.

Além disso, decisores também afirmaram que a adoção de um data center definido por software é o viabilizador mais importante para a transformação digital, e que uma estratégia de cloud híbrida é vista como o melhor lugar para o data center definido por software no futuro.

O estudo identificou também que na atual economia, orientada por dados, empresas buscam agilidade, eficiência, escalabilidade e capacidade para responder às aplicações de negócios em tempo real. 

De acordo com o relatório, o aumento da produtividade do negócio é a principal demanda para 81% dos decisores de TI e para 77% dos decisores de negócios, seguida pela necessidade de impactar o crescimento dos negócios, com 71% e 69% das respostas, respectivamente.

No geral, empresas de todos os tamanhos e em mercados desenvolvidos e em desenvolvimento seguem alinhadas de acordo com as seguintes tendências: 62% dos decisores de TI e 51% dos decisores de negócios concordam que cloud computing é a tendência de tecnologia mais importante para suas empresas.

A capacidade de expansão na utilização da nuvem pública, de acordo com a necessidade, é avaliada como importante para 83% dos decisores de TI e 74% dos de negócios. Segundo 88% dos decisores de TI e 80% dos de negócios, suas organizações consideram adotar, estão em processo de adoção ou já concluíram a migração para data center definidos por software.

Ambos os grupos concordam que os benefícios desse modelo estão na flexibilidade, simplicidade, eficiência e redução de custos. Os decisores de TI indicam com maior frequência que essa migração já está em andamento e indicam a escalabilidade como principal benefício (57% diante de 40% dos decisores de negócios).

Dois em cada um entrevistado concordou que devem usar tecnologias abertas de data center no futuro e 86% dos decisores de TI e 85% dos de negócios concordam que a estratégia centrada em computação é a melhor abordagem para ganhar flexibilidade, escalabilidade e para data centers abertos.

Em termos de despesas com tecnologia em 2016, a nuvem é a principal prioridade, 67% para os líderes de TI e 59% na visão de negócios. Na sequência de importância aparece atualização das tecnologias de armazenamento de dados e da área de compras (54% e 48%, respectivamente).

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail