Home > Notícias

Mercado termina 2017 com saldo positivo para postos científicos de trabalho

Dados da Robert Half indicam 446 postos de trabalho no terceiro trimestre de 2017 e 284 no último trimestre do ano

Redação

01/03/2018 às 9h04

Foto:

Segundo o Índice de Confiança Robert Half (ICRH), divulgado ontem (28/2), com dados referentes aos dois últimos trimestres de 2017, o setor de Informação e Comunicação teve saldo negativo no quesito talentos, com menos 1,4 mil e 2 mil empregados nos dois últimos trimestres de 2017.

Entre julho e agosto, foram contratados 18,4 mil profissionais, enquanto 19,8 mil perderam o emprego. Já entre setembro e dezembro de 2017, foram 16,4 mil admitidos ante 18,5 mil demitidos.

“O 4º trimestre é marcado por uma sazonalidade negativa, principalmente presente no setor industrial brasileiro. Apesar da piora no resultado geral, o que podemos destacar como ponto positivo é que o número de desligamentos foi menor na passagem do 3º para o 4º trimestre, saindo de 149.925 para 140.540. O que demonstra que o ritmo de queda está atrelado a uma menor criação de vagas e não vinculado a uma cascata de encerramento de posições”, justificou no relatório.

Apesar dos números parecem à primeira vista preocupantes, a Robert Half destaca que ao avaliar o desempenho do mercado de trabalho (por setores) dos profissionais qualificados para projetos, nota-se que, do resultado do acumulado no 4º trimestre de 2017, dentre os 19 setores avaliados, apenas dois deles apresentam resultado negativo: Atividade Imobiliária (-357 postos de trabalho) e Eletricidade e Gás (-66 postos).

Os outros 17 setores restantes tiveram saldo positivo, com destaque para a categoria Informação e Comunicação, que apresentou o saldo de 654 postos de trabalho, seguido do Comércio (+435 postos) e Indústria de Transformação (+402 postos). A atividade científica também teve resultado positivo no terceiro trimestre de 2017 de 446 postos de trabalho e 284 no último trimestre do ano.

Segundo a Roberto Half, os números são baseados no emprego formal, disponibilizados pelo Ministério do Trabalho no sistema de Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), com filtros específicos para monitorar o movimento de Profissionais Qualificados.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail