Home > Notícias

Uso da tecnologia é fundamental para aprimorar ensino

A tecnologia na educação poder ser definida como recursos que facilitam as atividades e comunicação entre professores e alunos

*Camila Cury

14/03/2019 às 11h50

Foto: Assessoria

Novas ferramentas tecnológicas têm potencial para promover a equidade e qualidade na educação, além de aproximar a escola do universo do aluno. Portais e aplicativos complementam o ensino promovido na sala de aula.

A tecnologia facilita o acompanhamento individual do aluno e abre espaço para a personalização do ensino, ajudando a escalar novas oportunidades de aprendizagem. As tendências para o uso de tecnologia na educação apontam para a convergência de dispositivos eletrônicos, como os smartphones, que ampliam as oportunidades de aprendizagem dentro e fora de sala de aula e geram dados sobre esses processos e as pessoas envolvidas neles.

Computadores, aplicativos, internet, tablets e outras plataformas podem ser utilizados para estimular a imaginação dos alunos e colaborar no trabalho do professor. As consequências são positivas não apenas no “boletim”, mas no desenvolvimento de habilidades e no envolvimento dos estudantes.

O computador jamais substituirá o docente. É extremamente importante a participação dos professores no processo de adoção da tecnologia no aprimoramento do ensino. São eles que irão lidar diretamente com o tema, com isso, seu interesse torna-se fundamental para o sucesso. O envolvimento dos pais também é de grande importância para que os estudantes se aprofundem nos estudos.

Países desenvolvidos já utilizam a tecnologia no ensino e estão investindo continuamente em salas de aula inteligentes, com recursos como câmeras, lousas eletrônicas, sistemas de áudio e vídeo, entre outros recursos. O uso da tecnologia será mais eficaz quando planejado visando qual impacto pode ter no ensino.

A Escola da Inteligência - maior e mais completo programa mundial de desenvolvimento das habilidades socioemocionais - aposta na utilização da tecnologia para fortalecer o aprendizado e o desenvolvimento das habilidades socioemocionais. Hoje, atendemos diretamente mais de 330 mil alunos em escolas de todo Brasil.

Sabemos que o bom uso da tecnologia deve estar acompanhado de reformas em outras áreas como o currículo escolar, avaliação e desenvolvimento profissional e socioemocional dos docentes. Para que a tecnologia não se torne apenas um meio, é necessário avaliar as melhores formas de utilizá-la, com o objetivo de trazer apenas benefícios para professores e alunos.

O reflexo será a motivação e a alegria de ambos em sala de aula.

*Camila Cury é Psicóloga e Diretora Geral da Escola da Inteligência, Programa Educacional idealizado pelo renomado psiquiatra, escritor e pesquisador, Augusto Cury, que tem como objetivo desenvolver a educação socioemocional no ambiente escolar.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail