Home > Notícias

Venda de infraestrutura para nuvem salta quase 30%

Dados da IDC apontam que mercado movimentou US$ 12,8 bilhões no terceiro trimestre de 2017

Redação

03/04/2018 às 9h20

Foto:

A receita com a venda de produtos de infraestrutura para TI em nuvem registrou crescimento de 27,3% no terceiro trimestre de 2017, em comparação ao ano anterior, chegando aos US$ 12,8 bilhões, segundo dados da IDC. No ano, a receita, que inclui produtos como servidores, storage e Ethernet switch, somou US$ 43,4 bilhões e crescimento de 21,7% em relação a 2016.

O crescimento do mercado acompanha a alta da receita de infraestrutura de nuvem pública, que quase dobrou nos últimos dois anos, para US$ 8,5 bilhões, crescendo 34,0% ano a ano no último trimestre de 2017. Além disso, a receita de nuvem privada atingiu US$ 4,3 bilhões para um aumento anual de 15,7%.

A receita total de infraestrutura de TI em nuvem em 2017 mais do que dobrou em comparação com 2013. As receitas combinadas de nuvem pública e privada agora representam 42,2% do total mundial de gastos em infraestrutura de TI, em comparação a 39,3% um ano atrás.

Já a receita de infraestrutura de TI tradicional (não em nuvem) cresceu 12,8% em comparação com o ano anterior, embora tenha diminuído de maneira geral nos últimos anos; em US $ 17,5 bilhões no 4º tri, representa ainda 57,8% do total mundial de gastos em infraestrutura de TI.

Kuba Stolarski, diretor de pesquisa de Plataformas de Computação da IDC, comenta que o ano de 2017 terminou forte para infraestrutura de TI em nuvem pública, liderada pela contínua expansão da Amazon e pelo crescimento renovado das infraestruturas do Google e do Facebook. "Embora tenha havido um grande crescimento em todos os segmentos de infraestrutura de TI, a nuvem pública, liderada pelos hyperscales, resultou na maior parcela do crescimento da infraestrutura, que deverá continuar neste ritmo por pelo menos mais alguns trimestres", prevê.

Regiões

Fora América Latina e Japão, que cresceram 6,2% e 4,8%, respectivamente, em comparação com o mesmo período do ano anterior, todas as outras regiões do mundo aumentaram sua receita de infraestrutura de TI na nuvem em dois dígitos. A Ásia/Pacífico (excluindo o Japão) e a região Europa Central e Oriental registraram as taxas de crescimento mais rápidas em 59,0% e 34,1%, respectivamente. Canadá (23,3%), Oriente Médio e África (MEA) (27,5%) e EUA (21,1%) tiveram crescimento anual nos anos vinte, enquanto a Europa Ocidental (16,6%) teve crescimento anual nos adolescentes.

Players

A Dell registrou o maior aumento no último trimestre, com 28,7% de aumento de market share. A empresa manteve a liderança, seguida de perto pela HPE. Confira o desempenho dos principais players.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail