Home > Notícias

Vendas de wearables crescem 8,5% em 2018

Smartwatches ainda são principal acessório. Confira o desempenho deste mercado

Redação

18/12/2018 às 14h49

Foto:

Os embarques globais de dispositivos vestíveis (wearables) devem atingir 125,3 milhões de unidades em 2018, um aumento de 8,5% em relação a 2017, de acordo com um estudo da IDC. A crescente popularidade dos smartwatches e a maior adoção de wearables nos mercados emergentes se combinam para produzir uma taxa de crescimento anual composta de cinco anos (CAGR) de 11%, com os embarques saltando para 189,9 milhões de unidades em 2022.

"A transição de wearables básicos para wearables inteligentes continuará nos próximos cinco anos, conforme os dois se aproximam em termos de participação de mercado até 2022. A ascensão de wearables inteligentes não será apenas em mercados maduros, mas também em mercados emergentes da Ásia/Pacífico e outros países. O Japão terá um papel igualmente importante, já que consome mais de um terço de todos os wearables inteligentes", diz Jitesh Ubrani, analista sênior de pesquisa da Mobile Device Trackers da IDC.

Entre os sistemas operacionais inteligentes, o WatchOS, da Apple, permanecerá na liderança, embora sua participação caia de 44,4% em 2018 para 35,8% em 2022, à medida que outras plataformas ganham tração. Espera-se que o segundo maior sistema operacional seja o Android, com 22,4% de participação em 2022. O Android não deve ser confundido com o WearOS, pois a plataforma de código aberto oferece aos fornecedores a oportunidade de personalizar a experiência dos wearables ao criar diferenciação.

Com o serviço do Google sendo banido na China, muitas marcas locais adotaram essa estratégia e a empresa prevê que a proliferação desses dispositivos continue em muitos países vizinhos também. Por trás do WatchOS e do Android, o WearOS irá capturar 19,8% de participação em 2022, conforme os fornecedores adicionais começarem a oferecer produtos e a plataforma alcançar os concorrentes em termos de recursos. O restante do cenário de wearables inteligentes será composto por plataformas menores e fornecedores, embora o IDC estime que Samsung,  Fitbit e Garmin dominem com suas plataformas proprietárias.

 

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail